Terça-feira, 6 de Dezembro de 2005

Girafinha linda...

tigerdate.jpg


Já sei, já vi, já senti… por vezes a puta da vida prega-nos partidas e coloca-nos barreiras que não conseguimos perceber porque, para que, e como…
Um dia temos a alma cheia de coisas boas, temos tudo, somos nós e o resto do mundo… e no segundo seguinte temos os olhos cheios de lágrimas, temos dores no peito fortes, temos medo, muito medo… a alma fica de luto…
Eu entendo que seja difícil de perceber as contrariedades da vida, e nem sequer vou ter a audácia ou a insensatez de opinar, sobre o facto que vai passar, ou que o tempo limpa tudo, e nem vou dizer que acho melhor fazer assim ou assado… não vou, porque tudo o que posso dizer, é que estamos aqui, sempre, contigo!
Não sei se passa, não sei se vai correr bem, nem sei se algum dia ficará tudo fica igual… pode ser que sim, pode ser que não, quero acreditar que sim, quero pensar positivo, e quero ver nessa cara linda um daqueles sorrisos fotográficos que te descrevem tão bem… Não hoje, talvez amanha, quando formos beber uns copos valentes, quando começar a abrir a matraca para dizer a merda do costume, as parvoíces que jorram de mim não tem limites, e se houver um gin por perto, estamos lá, não é gajas?
Ser grande, não andar sempre nos cantos a lamentar a vida, não simular suicídios e outras chamadas de atenção tristes e estúpidas, pode dar aquele aspecto de fuerça bruta, de forte, mas no fundo… somos todos um bando de meninos assustados, uns com mais ética e valores que outros, felizmente, mas quando dói, chorasse, e o resto, muito honestamente que se foda! Porque no fim estamos lá para chorar contigo, comigo, connosco, sempre… de lá para onde der, onde for e como for! Se tiver de correr com as calças do Barto rotas vestidas, corro, se tiver de andar nas dunas, bora! Se tivermos que meter o dedo no nariz aqui ou ali, bora! Porque quando passar esta merda toda, o que de melhor tens e és, fica, o resto vai embora ou não, conforme a sua importância e valor…
O que não vai embora jamais, é a amizade que está aqui e ali, já se sabe que o trio nunca está só!
Estamos aqui, falo em meu nome e no resto da gang, em especial das mosqueteiras, uma por todas todas por uma!
Uma vez disseste-me que a vida se andava a portar mal comigo… agora está contigo…
Também disseste que eu era a vossa princesa, eu digo-te que tu és a nossa girafinha linda e fashion, que mata os gajos do Doc´s e provoca erecções em massa com biquinis munidos de frases sinuosas e gulosas!
Para o ano, estamos lá de novo, a comer torradas em quantidades industriais, a cheirar o alho do Tio Campos pela manha, e a ouvir os brasucas a atazanarem as dietas “olha a bolinha”!!!

Adoro-te gaja


<Sandra Duarte Cardoso
publicado por Sandra Cardoso às 17:59

link do post | favorito
Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 


.o que se pode saber de mim. O resto é um mistério...

.pesquisar

 

.Setembro 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.as mais recentes alucinações...

. Em frente ao mar que nos ...

. Iris

. vamos fazer alguma coisa?

. Eu e a minha malta... nas...

. Maria dos olhos doces...

. ...

. 2 anos...

. ...

. Intercambio de animais!

. Alvaro Charneca!

.alucinações antigas...

. Setembro 2008

. Fevereiro 2008

. Novembro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds