Sexta-feira, 1 de Dezembro de 2006

FRANCISCA… dos olhos doces…

 

O meu pai está sempre a dizer, que quando morre um gajo, todos dizem,” a e tal , coitado até era boa pessoa!” , grande parte das vezes até foi um bom filho da …!

Mas a malta gosta de mártires, e nada como dizer à mulher que ele tinha o seu feitio e tal, mas era boa pessoa!

Infelizmente já assisti a isto, e sinceramente devemos dizer em vida ás pessoas que são boas, que gostamos delas ou menos que as amamos, depois quando acaba o tempo, devemos guardar o que tivemos de melhor, aprender com o que tivemos de pior e seguir em frente…

Hoje está difícil pensar assim…

 Cada campanha que temos vem mais e mais animais que precisam de ajuda… não temos sítio para eles, temos poucos recursos, e tudo parece demorar uma eternidade para acontecer…

Cá em casa existem dois canitos residentes, os nossos filhotes, e normalmente um gato abandonado à espera de esterilização e depois de casa definitiva… sou alérgica a gatos, mas cá andamos, com mais lenços e com mais espirros, mas tudo se arranja!

No meio de tudo isto, há sempre mais um buraquinho, e lá vem mais um menino ou dois, ás vezes 7…

Desta vez veio uma menina, que meteu o focinho entre mim e a Lígia, e marcou a sua presença! Foi ela que me escolheu a mim… E assim foi! Felizmente a Pretinha arranjou dona, e a FRANCISCA veio cá para casa!

Posso vos dizer, que chegou, tomou banho, comeu que se fartou e deitou a cabecinha nas minhas pernas… uma menina especial, calma, tranquila, e estranhamente cheia de amor, não tinha medo nem receio dos humanos, era uma alma de amor e carinho…

No dia seguinte teve de ir logo para o veterinário, a forte tosse e a falta de ar foram alarmantes…. Pouco melhorou apesar de todos os esforços, e hoje, durante a nossa sesta, largou sangue… corri para o veterinário, e já nada se podia fazer… alem de esgana avançada, tinha uma infecção no útero, tinha de ser operada e não tinha como aguentar a operação, para alem da esgana que a consumia, e a tornava cada vez mais magra, e cada vez mais sofrida para respirar, tinha vindo esta infecção difícil e incontornável…

 Peguei na patinha dela e dei-lhe um beijinho, foi embora… abanou o rabinho até ao fim, manteve-se serena até tudo acabar... ao contrário de mim, que não consigo apreender a lidar com a perda, com a morte com o fim…

Mais uma vez foram eles a darem uma lição de grandeza e de coragem, enquanto eu desespero…

Friamente, é obvio que foi o melhor para ela, mas não consigo perceber o porque de tanta dor, de tanta morte de tanto sofrimento em seres inocentes…

Para além de todos os que morrem porque não os podemos socorrer, ainda morrem os que trazemos para as nossas casas…~

Enquanto escrevo isto choro… desespero… tenho uma mágoa tão profunda que parece não ter fim… por ela, por todos, por tudo… porque é repetido este sofrimento, esta frustração e esta impotência total!

Lá vem a tal conversa, como morreu era especial, maravilhosa!

Mas com ela não é conversa… era meiga, doce, corajosa, compreensiva, terna, inteligente, cativante e de uma coragem sem fim…

Não se queixou uma única vez das dores que teve… não fez uma única vez barulho… olhava para mim e principalmente para o Pedro com tanto amor, que nos deixava estupefactos…

Pelas atitudes dela foi cadelinha de casa, com um dono homem, de quem ela gostava muito… Tinha menos de 1 ano, e morreu hoje meus braços, depois destes dias todos de luta…

O coração era tão grande que demorou deixar de bater… depois trouxe-a nos meus braços já sem vida, e levei o seu corpo para ser incinerado… como não consegui deixa-la no carrinho dos cadáver, fui eu própria colocar o seu corpo dentro do incinerador… Tirei-a para fora duas vezes, parecia que estava quente, tive receio de não estar morta… Ao lado estavam cadáver no chão, já frios, dentro do incinerador mais cadáveres, vi as patinhas de um canito pequeno, algumas caixinhas de cartão, onde os donos carinhosos deixaram os seus amigos… outros estavam ao molho… já não é nada, eu sei, mas a dor de a deixar ali, com se fosse lixo é horrível… a dor de ver tantas vidas perdidas… é inexplicável…

Que raio de mundo este, que tratam tudo como lixo… mas em vida que é pior… na morte fica só o corpinho deles, esquecidos numa incineradora que depressa vira tudo em pó, e acaba com a sua curta e sofrida existência nesta porcaria deste mundo cheio de coisas e de gente má e reles…

Desculpem o desabafo, mas o que terão feito os animais para merecem tanta dor, tanta falta de respeito e tanta falta de esperança…

Adeus Francisca, é a segunda que eu perco com o mesmo o mesmo nome…

Ambas doces…

Queria adormecer na nossa sesta e acordar quando tudo fosse justo, e tu pudesses correr e brincar sem dores e com esperança…

Beijinhos minha princesa…

 

Sandra Duarte Cardoso

Lisboa, 30 de Dezembro de 2006

publicado por Sandra Cardoso às 01:04

link do post | comentar | favorito
|
10 comentários:
De Chihiro a 4 de Dezembro de 2006 às 09:48
Ha muito tempo que pergunto o mesmo, " mas o que terão feito os animais para merecem tanta dor, tanta falta de respeito e tanta falta de esperança"

E até hoje nunca ninguem me soube responder, nem nunca ninguem o conseguirá fazer, porquê? simples..porque eles nunca fizeram, nem nunca farão nada para o merecer...

Mas o problema está na enorme diferença que existe entre os humanos e os animais, e essa diferença será eterna...

A diferença entre eles, é que os animais vêm ao mundo sem nada para aprender, pois já sabem o que é o amor, a compaixão a fidelidade, o perdão, e a coragem, e os humanos vêm ao mundo para aprender tudo isso, e na maior parte da vezes, mesmo vivendo 100 anos não o conseguem...

Entendo a sua dor, e sei que nem o tempo a fará desaparecer, mas mesmo estando sujeita a tanta dor, revolta e magoa, mais uma vez você e aqueles que estão consigo fizeram algo de extraordinário num mundo em que sorrir é cada vez mais dificil...

Sei que não acredita no "céu", mas não duvide que a Francisca agora pode correr, sem dores e com esperança, e tambem com a recordação que um dia alguem lhe deu calor, afecto, carinho e amor, e isso não é menos magnifico que a propria vida...

Fique em Paz... você e todos os que estão consigo...
De Sandra Cardoso a 4 de Dezembro de 2006 às 13:11
Como sempre tem uma palavra carinhosa, perante estes meus desabafos... A sua escrita relembr-me algo, alias algém... mas não tenho bem a certeza de quem...
Se divide conosco estas dores porque nunca apareceu numa das nossas campanhas? iamos ter muito gosto em o conhecer.
Já agora pq este nick?
De Chihiro a 4 de Dezembro de 2006 às 18:37
Sandra, o meu nome é Mario Ramos e , lembro-me de começar a falar consigo por você ter escrito um extraordinário texto na SOS Animal, e desde ai comecei a ler o seu blog e acredite ou não, continuo a faze-lo porque como lhe disse a algum tempo, você faz-me lembrar algo que já fui noutros tempos.

Faz-me lembrar alguem que tinha a sua coragem, assisti a coisas que infelizmente nunca mais conseguirei esquecer, coisas que me irão fazer sempre duvidar de qualquer ser humano, aliás isso é um "assunto" que você também infelizmente percebe, pois passa pelo mesmo..

Se antes eu tinha coragem com o tempo acabei por ser "derrotado", e decidi afastar-me um pouco dos humanos e de tudo o que eles representam, por isso quando a leio, fico muito impressionado, por você me fazer lembrar a mim mesmo...

Eu já apareci nas vossas campanhas, eu já estive perto do vosso trabalho, e em breve espero conhece-la a si e a todos os que estão consigo, aliás você e todos os que a acompanham fazem parte ( um dia conto-lhe ), de um enorme projecto que espero concretizar, é apenas uma questão de tempo, e quando a altura chegar falarei consigo e com todos vocês...

O nick é uma "brincadeira" de uns amigos, por causa de um filme que se chama " A viagem de Chihiro ", é um filme que fala sobre uma menina que tenta "consertar" um mundo que ela acha injusto, e faz tudo para conseguir mudar aquilo com o que não concorda...assim como você Sandra.

Peço-lhe que me perdoe se por vezes me alongo nas palavras, mas você faz-me bem, mesmo muito bem, e descanse, você o Pedro e todos aqueles que a amam, pois nunca virei aqui com "segundas intenções", ou algo de parecido, apesar de não confiar em humanos, existe uma "humana" muito, muito, especial no meu mundo, e alem disso, a mim apenas me interessa unica e exclusivamente uma coisa...criar um mundo onde os animais irão ter as suas proprias leis, as suas proprias escolhas sem interferências de humanos, e os unicos que farão parte desse mundo serão pessoas como você e os que estão consigo...

Como deve ter reparado acabei de escrever mais uma autêntica "biblia", mas não consigo evita-lo..:0)

So mais uma coisa, peço-lhe por favor, assim que achar que estou a "ocupar" em demasia o seu espaço diga, não hesite em dizer-me seja o que for, não é minha intenção ofende-la, seja de que maneira for, nem a si nem ao Pedro, nem aos seus amigos, e por isso se sentir que me deve dizer algo, não hesite, as minhas palavras são apenas de admiração e de esperança, por saber que existem pessoas não só como você, mas como todos os que estão perto de si...

Já agora, que isto já vai em quase 3 enciclopedias, permita-me que lhe dê uma ideia...use a sua escrita e crie um livro, acredite ou não, a forma como escreve pode servir para "despertar" o mundo, e ser tambem uma enorme fonte de receita, para que consiga chegar bem mais longe nesta luta que tem travado contra as injustiças humanas.

Por favor, se quiser ignorar todo o meu "dialogo" anterior, está a vontade, mas isto do livro não é nenhuma brincadeira, para dar certo basta fazer duas coisas:

1º - Escreva como tem escrito, com o seu coração, com a sua alma, e não deixe que outros a desviem desse objectivo.

2º - Acredite Sandra, se acreditar tudo é possivel...

Fique em paz e desculpe mais um vez por todo este "dialogo"...



De Sandra Cardoso a 6 de Dezembro de 2006 às 00:02
Se esteve nas nossas campanhas conhece-me de certeza! estou lá sempre! e se lá esteve porque não falou comigo? Não incomoda nada nem acho q possa vir com segundas intensões, no entanto acho estranho nunca ter passado por lá, nunca ter tido curiosidade de sentir no terreno tudo o que escrevo e que aparentemente gosta tanto de ler!
APAREÇA! Quero ver a cara desta escrita! Pode ser?
De Chihiro a 6 de Dezembro de 2006 às 08:51
Sim, claro que sei quem você é...

Não falei consigo porque achei que poderia ser um pouco abusivo, mas então fica prometido, assim que tiver oportunidade de voltar a uma campanha vossa, irei falar consigo, até porque como lhe disse anteriormente, tenho um projecto em mente, e é uma questão de tempo até existirem condições financeiras para o iniciar, depois é só conhecer as pessoas certas para que tudo se torne realidade, e espero que você e todos os que estão consigo façam parte desse projecto.

Fique bem, não deixe de escrever e até breve...


De Sandra Cardoso a 6 de Dezembro de 2006 às 15:39
Então vou ficar á espera que apareça o mais breve possivel!
Isso do projecto é secundário, com ou sem ele gostava de o ver.
Para perceber quem me faz lembrar afinal!
De Chihiro a 6 de Dezembro de 2006 às 17:37
Fica combinado então....

Assim que surgir uma oportunidade passarei numa das vossas campanhas para falarmos.

Fique bem Sandra e tudo de bom...
De Sandra Cardoso a 6 de Dezembro de 2006 às 19:25
a próxima é dia 17 de dezenbro no alvito, mas se vais ao site já sabes isso de certeza! lá esperarei por si!
De Chihiro a 7 de Dezembro de 2006 às 16:38
lamento Sandra mas ainda não é desta que vou poder ir, mas prometo que vou estar atento ao site e assim que tiver oportunidade não faltarei...

Fique bem, obrigado pelo convite e boa sorte para o dia 17...

Fique em paz
De http://shakermaker.blogs.sapo.pt a 20 de Dezembro de 2006 às 10:38
Ora viva!

Hoje não venho comentar nem tão pouco ler. Deixo isso para outro dia, com todo o gosto.
Vim apenas fazer publicidade descarada e como já estou naquela fase em que faço tudo o que me apetece e todos me ignoram pois já estão habituados, então cá vai...
Começou a atribuição dos blogjobs do shakermaker.
Por isso, já pode confirmar se foi um dos contemplados com tão desprestigiante galardão.
Atenção: não tome isto como desconsideração. Afinal, isto é apenas uma brincadeira e se não fosse um visitante quase assíduo deste blog não viria aqui de todo.
Já agora, aproveito também para lhe desejar Boas Festas!

Um abraço...
shakermaker

Comentar post

.o que se pode saber de mim. O resto é um mistério...

.pesquisar

 

.Setembro 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.as mais recentes alucinações...

. Em frente ao mar que nos ...

. Iris

. vamos fazer alguma coisa?

. Eu e a minha malta... nas...

. Maria dos olhos doces...

. ...

. 2 anos...

. ...

. Intercambio de animais!

. Alvaro Charneca!

.alucinações antigas...

. Setembro 2008

. Fevereiro 2008

. Novembro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds