Quarta-feira, 1 de Junho de 2005

Malta do SosAnimal!

Yessssssssssssssssssssssssssss!!!!!!!!!!!!!!!!!
Porquê??? Porque existem pessoas espectaculares, disposta a darem o seu tempo, o seu carinho, a sua casa, a sua convicção!
Dia 15/05/05 no Evento SosAnimal – Alvito, percebi que afinal existem mais pessoas cheias de coisas boas para dar, do que aquilo que eu poderia imaginar, pessoas espectaculares, que vestem a camisola do voluntariado e metem mãos à obra! E afinal são muitos!
E talvez ainda existam muitos mais, à espera de receber uma luz para chegar até nós!
Desde que iniciei esta caminhada, tenho tido dores de alma de uma magnitude infinita! Tenho acordado a pensar neles, tenho dormido a sonhar com eles, tenho o latido nos meus ouvidos, os olhares de desespero em todas as imagens que vejo, tenho o sabor do desespero na boca e o brilho da tristeza no olhar!
Mas, quando fico perto do desespero… quando o chorar não alivia a impotência, quando o tempo corre contra e nada corre bem, sento-me e fico a pensar até onde vamos aguentar!
Mas, como já percebi que a vida é semelhante ao tempo, uns dias estão cinzentos cheios de chuva, outros chegam com uma luz radiosa e um céu tão limpo que parece um espelho…
No domingo, o céu ficou limpo! Encostei-me numa ponta em frente ao parque e deslumbrei dezenas de pessoas atarefadas em passear os cães, em trocar ideias, abraços de felicitação porque mais um dos bichinhos arranjou dono! Vi gente chorar de alegria, vi uma menina e uma senhora que formaram uma equipa excepcional, atarefadas em preencher todas as fichas de adopção, vi sorrisos, vi carinhos, vi esperança, e vi uma vontade imensa em mudar o que está errado, em acabar com o fechar de olhos às coisas que estão erradas!
Todos vestiram a camisola, todos arregaçaram as mangas, todos se uniram e trabalharam no sentido daquilo que acreditam!
Que mais posso eu querer ou desejar, já temos as mãos, já temos a causa, já temos o targeting, e finalmente temos a maior das convicções, vamos mudar isto!
Não consigo passar nestas palavras o orgulho imenso que vive dentro de mim, de cada um de nós que fez a sua parte, de cada pessoa que passou por lá e nos encheu de vontade de esperança… um dia, quem sabe todos passamos a ser cidadão e este drama acaba! Na vida tudo é mais fácil com ajuda, convicção e amor… já temos tudo! Agora vamos contagiar o resto do mundo, e continuar, com força, com determinação, a acreditar que cada minuto que dedicamos é um passo em frente no caminho!
Quando fico triste porque às 18.00 chegam e ainda têm de regressar animais ao canil, quando o mundo parece acabar ali, quando tudo parece ser insuportável, quando os beijo para me despedir, porque nunca sei se os posso voltar a ver… penso que não estou sozinha, olho à volta e vejo que como eu vocês choram e sentem que isto tem de acabar e que eles não podem continuar a regressar ao canil! Não passa a dor que está aqui, dentro de mim, mas a sensação de que tantos sentem o mesmo, faz com que a esperança que a próxima campanha corra melhor, instale no ar uma espécie de esperança! De que na próxima já não vou levar nenhum à carrinha, um dia vamos chegar ao fim do dia sem que dos nossos olhos escorra tristeza, um dia não vai haver mais meninos presos a correntes, não vai haver mais abandono, tortura, negligência!
As pessoas não são o que vestem, nem o carro que tem, muito menos a profissão que desempenham! As pessoas são aquilo que acreditam, são a força que comportam dentro de si, são do tamanho do amor que tem para dar, para receber, para espalhar!
Aprendi isto cedo, mas sempre vi coisas que o provavam o contrário! Mesmo assim, quando tenho estes rasgos de luz, e sinto nas veias aquela substancia que consegue tremer o meu corpo, acender a alma, saltar do peito o coração, percebo na nitidez que tudo o resto são apenas e só acessórios! No entanto podemos viver uma vida inteira sem que ninguém nos descubra por inteiro, podemos viver uma vida inteira sem que saibam quem nós somos, sem fazer o que realmente gostaríamos de fazer!
Não podemos permitir que a vida passe sem que saibamos o que andamos cá a fazer afinal! Temos que ter a força de mudar e gritar, sou assim!
Eu, já comecei o livro, já plantei a arvore, e tenho muitos filhos, são é de 4 patas!
Anseio a cada minuto o sabor do entusiasmo, daquela sensação que se tem quando parece que o mundo está pronto para ser conquistado e que tudo é possível!
Aquele fôlego que faz escalar montanhas, gritar e ser ouvido de um continente para outro, aquela força que abraça tudo, aquela sensação que julgamos ser imbatíveis e indestrutível, aquela sensação que pensamos que o mundo está a caminhar ao nosso lado, e que as coisas só podem evoluir e acontecer!
Hoje vou esquecer a sensação que tenho de dar a volta ao mundo para conseguir alguma coisa, a sensação que o caminho é tão longo que vou morrer no meio, vou pensar que toda a burocracia é ultrapassável, e todos os que se deitam para o chão para eu tropeçar e desistir, são apenas areia e nem comichão fazem!
Agora quero acreditar que isto é só o começo e que juntos chegaremos muito mais longe…
Conto com vocês!
Sandra Duarte Cardoso
www.sosanimal.com
Sandra.cardoso@sosanimal.com
publicado por Sandra Cardoso às 15:51

link do post | comentar | favorito
|
2 comentários:
De Victor Barros a 14 de Junho de 2005 às 13:40
Olá Sandra:

Leio sempre atentamente os artigos da semana por ti escritos. Tens uma
forma de escrever que se lê fluentemente e de alguma forma manifesta a
forma de ser e de estar dos amantes dos animais e da natureza.

No entanto o artigo desta semana foi particularmente tocante, pois
manifestou de forma muito concisa um sentimento, uma forma de ser e de
estar que nos é comum a todos nós.

Não focastes os grandes sentimentos e pensamentos sobre a magnitude da
vida, os grandes valores de quem defende a salvação do planeta, ou a
consciência de que devemos ou podemos fazer para mudar o nosso rumo.
Apenas focaste a realidade do dia a dia de cada um de nós.

E é essa a realidade que vivemos, que nos traz momentos de angústia e
felicidade, que nos frustra e alenta, que nos derruba e levanta, que nos
faz perguntar porquê e acreditar...

Acreditar que afinal não estamos “tão” sós e que muitos de nós têm a mesma
visão, o mesmo sentir e estar e que juntos podemos mudar o destino
daqueles que tanto amamos.

Num “pequeno” artigo, conseguiste transmitir a simplicidade destes valores
que fazem parte da nossa vida real.

Parabéns e obrigado por nos mostrares que esta luta que nos parece imensa
e infindável, está ser travada por muitos guerreiros de espada em punho,
prontos para as batalhas diárias e que mesmo que algumas sejam derrotas,
as vitórias fazem-se valer 10 vezes mais.


Beijinhos
De Mafalda Gonalves a 2 de Junho de 2005 às 10:50
É mesmo verdade tudo o que dizes...
Quando desesperávamos por nos parecer que estávamos sózinhos neste mundo hipócrita, carregado de pessoas egoístas, que só sabem maltratar, dizer mal e comentar coisas mesquinhas, típicas do Ser Humano superficial, eis que surgiu o SOSAnimal.
E atrás de um logotipo, nasceu (ou renasceu) uma força que sempre nos pareceu impossível enquanto seres individuais. Nasceu (ou renasceu) uma nova esperança de que é possível, que podemos ser vários a sentir o mesmo, a vestir a mesma camisola e a sofrer da mesma maneira.
Porque é possível, pela primeira vez, juntar um grupinho pequenino e deixar de lado as características tão profundamente vincadas no Ser Humano e sermos finalmente um só, uma só alma e uma só voz, a lutar pelo aquilo em que acreditamos, a lutar por aqueles olhinhos confiantes, quando lhes prometemos um lar...
Sim, é reconfortante sabermos q não choramos sózinhos, quando eles regressam, novamente agrilhoados aquelas correntes de alcatraz, para mais uma viagem que nunca sabemos, com ou sem regresso.
Obrigada aos elementos (não preciso de referir os nomes, vocês sabem a quem me dirijo)que me fizeram finalmente acreditar numa instituição a sério, que embora não seja uma associação oficial, me fez vestir uma camisola pela primeira vez. Conquistaram a minha amizade, o meu respeito e acima de tudo o meu coração.
Obrigada SOSAnimal!

Comentar post

.o que se pode saber de mim. O resto é um mistério...

.pesquisar

 

.Setembro 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.as mais recentes alucinações...

. Em frente ao mar que nos ...

. Iris

. vamos fazer alguma coisa?

. Eu e a minha malta... nas...

. Maria dos olhos doces...

. ...

. 2 anos...

. ...

. Intercambio de animais!

. Alvaro Charneca!

.alucinações antigas...

. Setembro 2008

. Fevereiro 2008

. Novembro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds