Quinta-feira, 28 de Julho de 2005

CONSELHO DE UM VELHO APAIXONADO...

falesia sombria.jpg

Quando encontrares alguém e esse alguém fizer o teu coração parar de funcionar por alguns segundos, presta atenção: - Pode ser a pessoa mais importante da tua vida!
Se os olhares se cruzarem e, neste momento, houver o mesmo brilho intenso entre eles, fica alerta: - Pode ser a pessoa que tu estás à espera desde o dia em que nasceste!
Se o toque dos lábios for intenso, se o beijo for apaixonante, e os olhos se encherem de água nesse momento, percebe: - Existe algo mágico entre vocês.
Se o primeiro e o último pensamento do teu dia for essa pessoa, se a vontade de ficar juntos chegar a apertar o coração, agradece: - Algo do céu te mandou um presente divino: O AMOR!
Se um dia tiverem que pedir perdão um ao outro por algum motivo e, em troca, receberes um abraço, um sorriso, um afago nos cabelos e os gestos valerem mais que mil palavras, entrega-te: - Vocês foram feitos um para o outro!
Se por algum motivo estiveres triste, se a vida te deu uma rasteira e a outra pessoa sofrer o teu sofrimento, chorar as tuas lágrimas e enxugá-las com
ternura: - Poderás contar com ela em qualquer momento da tua vida!
Se conseguires, em pensamento, sentir o cheiro da pessoa como se ela estivesse ali do teu lado...Se achares a pessoa maravilhosamente linda, mesmo ela estando de pijama velho, chinelos de dedo e cabelos emaranhados...Se não conseguires trabalhar direito o dia todo, ansioso pelo encontro que está marcado para a noite...Se não conseguires imaginar, de maneira nenhuma, um futuro sem a pessoa ao teu lado...Se tiveres a certeza que irás ver a outra envelhecendo...e, mesmo assim, tiveres a convicção que vais continuar sendo louco por ela...Se preferires fechar os olhos, antes de a ver partindo: - é o Amor que chegou na tua vida!
Muitas pessoas apaixonam-se muitas vezes na vida, mas poucas amam ou encontram um amor verdadeiro. Às vezes encontram e, por não prestarem atenção nesses sinais, deixam o amor passar, sem deixá-lo acontecer verdadeiramente. É o livre-arbítrio. Por isso, presta atenção aos sinais. Não deixes que as loucuras do dia-a-dia te deixem cego para a melhor coisa da vida: - O AMOR!!
Ama muito...muitíssimo...Beija alguém de quem gostas quando leres este texto, mesmo que seja em pensamento.

Autor: Carlos Drummond de Andrade

P.S. Mesmo que o caminho se mostre cheio de mentiras e de sentimentos camuflados… mesmo que olhe para a multidão e veja tanta mentira, desonestidade, falsidade… mesmo que a falésia seja sombria, mesmo que tudo pareça não valer a pena, mesmo que tudo pareça impossível… vou sempre, mas sempre acreditar que o amor existe e vale a pena!
O amor vale sempre a pena, o que raramente vale a pena são as pessoas, porque não sabem receber amor, porque não sabem lidar com coisas bonitas e puras! Acabam por partir e estragar! Mas mesmo assim, existem pessoas diferentes… estejam lá onde estiverer...

Sandra Duarte Cardoso
publicado por Sandra Cardoso às 10:53

link do post | comentar | favorito
|
16 comentários:
De sandra a 3 de Agosto de 2005 às 15:12
Estranho... tudo o que escrevo faz tem sempre um motivo, expressa sempre algo que estou a sentir, a viver a sonhar!!! mas nem todos somos iguais ou até semelhantes...
De O Tal a 29 de Julho de 2005 às 12:21
Sem nenhum motivo especial.
De Sandra a 29 de Julho de 2005 às 11:28
E porque escreves-te isto? explica melhor...
De O Tal a 28 de Julho de 2005 às 17:37
É Italiano "Umberto Eco".
De sandra a 28 de Julho de 2005 às 16:09
Tal! quem escreveu isso? gostei e não conheço!
De O Tal a 28 de Julho de 2005 às 15:46
"Sou um génio estéril, dizias, neste mundo ou se lê ou se escreve, os escritores escrevem por desprezo pelos colegas, para terem de vez em quando alguma coisa de jeito para ler."
De joo a 28 de Julho de 2005 às 15:22
(....................................)até sempre.
De sandra a 28 de Julho de 2005 às 15:06
Max... um apalavra para ti TAMBEM!
De Maxo a 28 de Julho de 2005 às 14:46
"S" será ke tou a ler bem será o amor egoísmo ?? gostar do que os outros nos fazem sentir ou nos proporcionam ??? não será antes a partilha, a cumplicidade a capacidade de dar de receber, as cedências, as vitórias, o caminhar lado a lado até os nossos passos se confundirem ???

De sandra a 28 de Julho de 2005 às 12:39
Soneto da Separação - Vinicius de Morais....
Bem escolhido Maxo! Lindo...

Comentar post

.o que se pode saber de mim. O resto é um mistério...

.pesquisar

 

.Setembro 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.as mais recentes alucinações...

. Em frente ao mar que nos ...

. Iris

. vamos fazer alguma coisa?

. Eu e a minha malta... nas...

. Maria dos olhos doces...

. ...

. 2 anos...

. ...

. Intercambio de animais!

. Alvaro Charneca!

.alucinações antigas...

. Setembro 2008

. Fevereiro 2008

. Novembro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds