Quarta-feira, 30 de Maio de 2007

Fiz 28 anos...

00049k54

Este ano o que mais ouvi foi; “Casas-te os anos!”… ya, o que quer isso dizer que fiz 28 aos no dia 28 ??? e??? casei porque??? Alguém me explica???

 

Fiz, é verdade! Este ano ainda consegui dar menos importância ao dia do que no ano passado! Só me lembrei dele, em cima da hora, e todo o ritual do aniversário, ficou… para depois…

 

O tempo é francamente meu inimigo, e impede-me de fazer tanta coisa… simplesmente porque é magro e não tem elasticidade nenhuma….

 

Ontem tive pouco tempo para pensar, aliás até para saborear certos prazeres que se repetem ano após ano…

Este ano o meu pai, também encheu os olhos de agua quando disse parabéns bebé, e ficou emocionado! No entanto exclamou com um tom melodramático que estava quase nos 30!

Francamente ainda nem tinha pensado nisso! Sim é verdade daqui a dois anos faço 30! e ??? Alguém me explica por favor o porque dessa admiração??? Não sinto pressão nenhuma, não nasceram mais rugas e basicamente continuo bem igual! ok já não tenho aquela foram física, de quem não faz mais nada do que ginástica, mas ao menos já não nascem borbulhas!

 

Vai lá saber porque, mas se tivesse de descrever o que mais tenho saudades, a banda sonora seria Heróis do Mar, e o fundo, as praias da Costa da Caparica! Confesso… era giro pensar que o mundo era aquela praia, e que o drama do dia passava essencialmente pela escolha da roupa para a night!

 

O nosso grupo era demais, havia de tudo! E era francamente tudo! A semana passada estive 1 hora ao telefone com a Sónia, e rimos e brincamos e tínhamos novamente 15 ou 16 anos, e andávamos a rir e a sentir a areia nos pés, o mar salgado, as conversas idiotas, e o riso compulsivo que ilustrava as nossas conversas, algumas, aliás grande parte sobre SEXO! A Curiosidade, partilha a descoberta! Foi o máximo! E sinto saudades de descer a Calçada do Combro a rir que nem uma perdida e sempre cheias de assunto!

 

Mais tarde a faculdade, as idas de Twingo até ao estacionamento, o mau comportamento constante com os profes! E os disparates que saltavam da boca e deixavam os professores cheios de vontade de avacalhar, e outros de nos matar!

 

Uma vez gozamos com um homem que ia a passar durante uns 15 minutos! Quando chegamos à aula, vimos que o tal homem ia ser nosso professor! Correu mal! Mas foi muito giro!

Sinto que estes 28 anos, já tiveram de tudo, mas que ainda muito me espera, e estou cheia de vontade de descobrir… mas a saudade do ontem é algo que vive comigo!

 

Até saudades das obras em casa eu tenho! Dos disparates dito no closet, e das noitadas com os pretos giraços! Tchii esta branca dança mano! “GAJA SÂO 8 DA MATINA; QUERO IR PARA CASA!”, “QUEM LEVA O CARRO SOU EU!” era giro…

Já sei porque gosto tanto de livros, de letras de histórias, porque através deles sinto tudo outra vez…

 

Agora vivo sem os heróis do mar… vivo no How to save a life… vivo a tranquilidade que só um grande amor consegue trazer, vivo no ponto exacto da minha caminhada para o que quero fazer nesta vida, no quero deixar feito, e no que espero deixar para se continuar…

 

Hoje a banda sonora é outra, a roupa também, a vida também, mas eu, eu sinto-me igual, apenas mais evoluída e mais simplificada… afinal ser adulto não é assim tão terrível, e o segredo é só fingir que se é adulto e alterar a definição de adulto…

 

só gosto de ti, porque? Não sei… mas sou mesmo assim e tu também…

 

publicado por Sandra Cardoso às 22:25

link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
|
Sexta-feira, 18 de Maio de 2007

A minha familia...

0004a2z3

 

A minha familia...

Um almoço na nossa Charneca, a quintinha da familia Cardoso... o nosso mundo, onde todos gostam de estar,  onde todos aprenderam a andar e a sentir o cheiro do mar...

mas poucas vezes posso lá ir,,, quando vou, está sempre tudo na mesma, e sinto uma especie de silencio absoluto... é um mundo à parte

Neste domingo estavamos todos, ou quase todos, até a Avó Gina foi, e como a mais velha da familia é a chefa da mesa!

Eu como sempre , nos ultimos 27 anos fico ao lado do meu Pai, todos cresceram, quase tudo já casou, mas sentar sempre ao lado do pai as refeições e ter colinho é algo que nunca mudou nem nunca vai mudar!

O meu pai a brincar até diz ao Pedro que chegou primeiro! E que eu sou dele para sempre!

É bom... o meu pai diz isto umas 100 vezes nestes dias, mas eu sei o que ele quer dizer!

Embora sejam um bando de chatos! E issencial ser amado para saber amar...

Obrigada familia...

 

 

publicado por Sandra Cardoso às 00:39

link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|

.o que se pode saber de mim. O resto é um mistério...

.pesquisar

 

.Setembro 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.as mais recentes alucinações...

. Em frente ao mar que nos ...

. Iris

. vamos fazer alguma coisa?

. Eu e a minha malta... nas...

. Maria dos olhos doces...

. ...

. 2 anos...

. ...

. Intercambio de animais!

. Alvaro Charneca!

.alucinações antigas...

. Setembro 2008

. Fevereiro 2008

. Novembro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds